Imagem destaque Reajuste fará inicial da PRF passar de R$10 mil

Reajuste fará inicial da PRF passar de R$10 mil

Quem está se preparando ou pensa em iniciar os estudos para o concurso PRF 2017 deverá ganhar em breve uma motivação extra. Já está no Congresso Nacional o projeto de lei que trata do reajuste salarial para o cargo de policial rodoviário federal (nível superior) acertado com o governo. Sendo aprovado pelo legislativo, os iniciais da carreira chegarão a R$10.357,88. O aumento, no entanto, será gradativo, passando dos atuais R$7.177,91 para R$9.501,98 já a partir de janeiro do ano que vem. Em 2018, os valores sobem para R$9.931,57, com o reajuste integral sendo pago a partir de 2019. Todos os valores incluem o auxílio-alimentação, sendo considerado o valor atual, de R$458.

Os próximos concursados da Polícia Rodoviária Federal já ingressarão na carreira recebendo os novos valores, visto que a expectativa é que uma nova seleção seja autorizada a partir do ano que vem, com os novos policiais tomando posse, provavelmente, a partir de 2018. A PRF chegou a pedir a autorização de um novo concurso este ano, para 1.500 vagas, mas a requisição foi negada, por conta da suspensão dos concursos no Executivo federal até o ano que vem. A negativa, porém, apenas acentuará a necessidade de concurso no próximo ano, quando o pedido deverá ser refeito, em função, principalmente, da previsão de 3.641 aposentadorias até 2017, como aponta ofício enviado pela chefia de gabinete da PRF à federação da categoria (FenaPRF). Por isso, os interessados em ingressar na carreira precisam manter os estudos em dia.

Ao iniciar as negociações por um novo concurso, ainda em 2014, o então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, já alertava para a possibilidade do departamento ficar com um efetivo de menos do que 7.500 policiais por conta das aposentadorias. Cardozo ressaltou que o número ficaria bem abaixo do registrado há 20 anos, em 1996 (8.960). De lá para cá não apenas cresceram as atribuições do órgão, como também as demandas tradicionais, tendo em vista o aumento da população e da frota de veículos. Ainda segundo o então ministro, um novo concurso seria a única saída para a crise de efetivo da PRF. A realização de concurso é também uma das bandeiras da FenaPRF, que já afirmou que seguirá cobrando a abertura da oportunidade.

Para ser policial rodoviário federal, é preciso ter o ensino superior completo em qualquer área, carteira de habilitação na categoria B ou superior e idade de 18 a 65 anos. O último concurso para o cargo foi aberto em 2013, para mil vagas, e atraiu 109.769 inscritos (cerca de 110 por vaga).


Fonte:Folha Dirigida